22/08/2018 - 09:41

SAIBA COMO AJUSTAR O SEU NEGÓCIO ÀS NOVAS LEIS DO TRABALHO

(Tempo de leitura: 3 min)

A reforma trabalhista entrou em vigor em novembro de 2017. Porém, são muitos os questionanentos sobre os efeitos práticos da nova norma, tanto dos empregadores quanto dos colaboradores.

As dúvidas são naturais, pois toda mudança gera um desconforto inicial até que os envolvidos se adaptem às transformações e passem a agir com naturalidade diante das regras aplicadas.

Além disso, estamos falando de como as pessoas vão ter que se comportar no mercado profissional e qual será o papel de gestores e funcionários nas relações empresariais.

A nova lei entrou em questões importantes, como a jornada funcional de 12×36 horas, o trabalho intermitente e a possibilidade de quem decide se desligar da empresa ter acesso ao FGTS (Fundo de Garantia por Tempo de Serviço).

Porém, não é nosso intuito nos aprofundarmos em cada tópico do regulamento, mas refletir sobre os resultados dela no mercado.

Pensando nisso, destacamos alguns pontos de reflexão para os gestores pensarem em como potencializar políticas motivacionais, dentro deste contexto:

 

VALORIZAÇÃO DOS TALENTOS PROFISSIONAIS

Entre as principais mudanças, está o trabalho intermitente, que permite a empresa convocar o funcionário apenas quando necessário e o pagamento é realizado com base nos dias trabalhados.

Esta prática proporciona uma melhor flexibilização das relações funcionais, permitindo ao colaborador ter uma atividade paralela e acumular dois salários.

Entretanto, isso pode diminuir a fidelização deste com sua companhia, pois o atual modelo não trará estabilidade financeira, deixando-o inseguro. Sendo assim, ele pode optar a qualquer momento por outra oferta mais benéfica e que lhe ofereça um salário fixo por mês.

Diante dos dois lados da moeda, é papel do gestor pensar em ações que potencializem a motivação do funcionário, viabilizando medidas financeiras atrativas para contratação.

 

MAPEAMENTO DOS PERFIS DOS COLABORADORES

Além da valorização, é essencial saber colocar seus profissionais nas posições certas. O Home-Office é uma medida presente na nova lei que se adequa a este contexto.

Determinados funcionários alcançam melhor desempenho trabalhando de suas casas e algumas funções viabilizam abertura para esta prática. Muitas empresas já estão adotando esta medida com muito êxito.

Imagine aquele trabalhador dotado de elevada capacidade intelectual, excelente capacidade para desenvolver novas ideias. Porém, ele mora longe e perde muito tempo se deslocando até o escritório, fato que gera cansaço, estresse, comprometendo seu rendimento.

 

INVISTA EM AÇÕES DE FIDELIZAÇÃO

O capital humano deve ser visto como investimento para crescimento de sua companhia, por isso não perca tempo. Invista em programas de benefícios, com o intuito de reter os profissionais na sua empresa.

Além de potencializar a produtividade, você evita transtornos e gastos com seleções e demissões, viabilizando o engajamento dos colaboradores com o projeto de crescimento do seu negócio.

Diante deste cenário, nós da SppedCont acreditamos que estas ações vão ajudá-lo a adequar o seu negócio aos novos tempos do mercado de trabalho no Brasil.

Também podemos ajuda-lo a implantar tais práticas na sua empresa. Ficou interessado? Entre em contato conosco aqui no nosso site e conheça mais sobre os nossos serviços.

COMPARTILHE NAS REDES SOCIAIS!
Email this to someoneShare on FacebookShare on LinkedInTweet about this on TwitterShare on Google+Pin on Pinterest
COMENTE NOSSA PUBLICAÇÃO:

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *